5 QUALIDADES DE UM BOM AVALIADOR DE IMÓVEIS

5 qualidades de um bom avaliador de imóveis

A Avaliação de Imóveis pode ser usada em diversas finalidades. Por exemplo: perícia e assistência técnica judicial, contábil, garantia em operação financeira, compra e venda, etc. Mas como escolher o Avaliador de Imóveis?

Então, são demonstradas 5 qualidades de um bom Avaliador de Imóveis a serem verificadas para contratação:

1. Disponibilidade e Agilidade

Tratando se de um serviço profissional, espera-se minimamente garantir a entrega do Laudo de Avaliação dentro do prazo. Além do esclarecimento de todas as dúvidas.
De tal forma que não obstrua o processo e prejudique o contratante. Porém, sendo inevitável a dilação do prazo, as boas práticas indicam a solicitação com antecedência e planejamento.

2. Comunicação Escrita

Os Arquitetos e Engenheiros, afamados pelos desenhos e cálculos, para serem Avaliadores de Imóvel precisam se expressar através da escrita.
Afinal, o produto final entregue ao cliente é por escrito, apresentado na forma de um laudo ou parecer técnico.
Decerto, deve também comunicar-se por escrita com clareza através de e-mails e propostas.

3. Fundamentação

Uma Avaliação de Imóvel é muito mais que uma simples opinião de valor. É preciso fundamentar ou calcular, através de pesquisa de mercado. Ou justificar, através de referências bibliográficas consagradas, de normas, estudos e livros.
Eventualmente, de acordo com a finalidade, é possível arbitrar parâmetros. Mas acima de tudo, é preciso base de conhecimento técnico para avaliar corretamente.
A ausência de fundamentação pode impedir a análise crítica e a validação da Avaliação do Imóvel.

As 5 qualidades de um bom Avaliador de Imóveis apresenta parâmetros gerais de análise preventiva para uma boa contratação.

4. Conhecimento Técnico

Sem dúvida é o que torna o Arquiteto ou Engenheiro um Avaliador de Imóveis. Inclusive, é preciso aplicar metodologias em conformidade com as normas da ABNT e de instituições como o IBAPE/SP. E mais, saber explicar os procedimentos adotados através do laudo ou pareceres técnicos.
Além disso, recomenda-se verificar a formação e atualização do profissional, seja com eventos, cursos e pós graduação. Lembrando que as normas estão em constante atualização e novos estudos seguem a dinâmica do mercado imobiliário.

5. Conhecimento Complementar

Dependendo da finalidade, é um diferencial entender afundo qual o contexto de aplicação da Avaliação do Imóvel. Por exemplo, ao atender aos Comitês de Pronunciamentos Contábeis (CPCs); na aplicação de leis e jurisprudências; ou em operações financeiras. Apesar de não ser obrigatório, torna o Avaliador mais independente e alinhado ao propósito do cliente.
Também requer uma constante atualização.

Por fim, tratam-se de pontos de atenção. Sem dúvida, parte das qualidades podem ser verificadas desde o primeiro contato, nos e-mails ou nas propostas recebidas. Contudo, outras são melhor verificadas durante e depois da Avaliação do Imóvel, o que torna importante se houver recorrência.

Ademais, a análise da apresentação, formação e experiência também pode ajudar na escolha para contratação.

E, se precisa de um Avaliador de Imóveis como Assistente Técnico, veja 6 qualidades de um bom Assistente Técnico (hiperlink).
Desse modo, se precisa de um Avaliador de Imóveis, solicite um orçamento!

Assim sendo, se ficou com alguma dúvida sobre 5 qualidades de um bom Avaliador de Imóveis, comente ou entre em contato conosco.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.